ATENÇÃO: CLIENTES BRASILEIROS EM TERRITÓRIO NACIONAL - FRETE GRÁTIS NAS COMPRAS ACIMA DE R$ 99,00
Minha Conta
Central de Atendimento
0xx21  
2187-7000
segunda a sábado - 8:00 às 19:00
Busca por Autores
Encontre facilmente os autores da Editora Central Gospel
Buscar
Receba nossos informativos
Catálogo Digital
Veja nossos produtos pelo catálogo digital Saiba mais
SEXUALIDADE SEM CENSURA

27/05/2011

O tema sexualidade costuma ser delicado no meio cristão. É por esse motivo que o conferencista e pastor Cláudio Duarte utiliza uma linguagem simples e bem-humorada para falar sobre sexo em seu primeiro livro. Sexualidade sem censura, obra que acaba de ser lançada pela Editora Central Gospel, aponta os problemas na área sexual como o terceiro motivo responsável pelo divórcio de casais. Em entrevista, o autor também fala sobre as principais dúvidas que são sanadas no livro.


Editora Central Gospel: Por que você decidiu escrever o livro Sexualidade sem censura?
Cláudio Duarte:
Eu tenho trabalhado com famílias, e uma das grandes dificuldades que percebo, principalmente no que diz respeito ao casal, é na área sexual. A falta de comunicação agrava o problema. Esse tema me despertou interesse, então gravei alguns DVDs de mensagens e, agora, escrevi o livro.

ECG: Como começou o seu ministério com casais?
CD:
Trabalhei com jovens durante 14 anos, mas surgiu uma oportunidade de ministrar uma palestra para casais, e eu aceitei. Os convites, então, começaram a aumentar. A partir daí, procurei aperfeiçoar-me no assunto, lendo mais, obtendo mais informações e fazendo pesquisas.

No Brasil, há uma carência muito grande de preletores que abordam o tema família. Existe uma dificuldade ainda maior para encontrar conferencistas cristãos que falem sobre sexo. Isso chamou a minha atenção, e vejo que foi realmente um chamado de Deus. Quando percebi, já estava nesse ministério pregando para casais.

ECG: Na introdução do livro, você explica que não é especialista na área sexual. Como as suas mensagens são elaboradas?
CD:
As mensagens sempre são baseadas em pesquisa e na revelação divina. Quem trabalha com a Palavra de Deus sabe que uma parte é pesquisa e outra é revelação. Digo que as informações vêm de pesquisa, mas a maneira de transmitir e de abordar vejo como a mão de Deus sobre mim. O Senhor me deu graça para tratar de assuntos muito delicados, mesmo não sendo especialista.

O meu objetivo não é lidar com esse tema de forma tão séria, pois o meu estilo é mais despojado e informal. Essa também é a finalidade do livro. Não tenho a pretensão de dizer que o livro é um trabalho revolucionário na área sexual. A minha visão é de que ele poderá ser utilizado como um material complementar àquilo que já existe no mercado, porém expondo de uma forma mais descontraída e bem-humorada essa área tão desafiadora.

ECG: No livro é mencionado que as dificuldades na área sexual são o terceiro motivo dos divórcios. Esta afirmativa é feita com base em alguma pesquisa?
CD:
Eu já li algumas pesquisas tratando desse assunto, e também procuro informar-me por meio da Internet. Além disso, já ministrei para muitos casais no Brasil, e passei a fazer essa pesquisa durante os meus trabalhos. Procurei descobrir quais são as maiores dificuldades e os maiores adversários do casamento. Descobri que a incompatibilidade de gênios é o primeiro motivo mais comum, depois as dificuldades financeiras e, em terceiro lugar, problemas sexuais.

ECG: O livro fala mesmo abertamente sobre sexualidade?
CD:
De certa forma sim. Pela linguagem utilizada, podemos dizer que ele fala abertamente sobre o tema. Não temos como determinar quem estará com o livro em mãos, se uma adolescente ou uma criança que aprendeu a ler. Então, não é totalmente sem censura. Ele contém mensagens de uma visão mais aberta, embora haja uma preocupação com os leitores.

ECG: Quais são os principais tópicos abordados?
CD:
Eu abordo a falha na comunicação, que é uma grande responsável pelos problemas na área sexual. Os cônjuges ainda sentem dificuldade em dizer quais são as suas preferências quanto ao sexo. Se não há comunicação, não há melhora no relacionamento. Também falo um pouco sobre o tema finanças, explicando como a crise financeira pode interferir no relacionamento sexual. Comento, ainda, que o casal precisa proteger sua casa dos males da Internet, como a pornografia, por exemplo, que afeta a área sexual.

ECG: O livro esclarece algum tipo de dúvida que os casais possam ter?
CD:
Procurei sanar algumas. Normalmente, muitas pessoas fazem perguntas durante as palestras, principalmente sobre fantasias sexuais e sexo oral e anal. Eu respondo a essas perguntas no livro.

ECG: Os cônjuges cristãos encontram dificuldade para conversar sobre sexo entre si?
CD:
Essa dificuldade não é somente entre os casais cristãos, mas também entre a maioria dos casais. Parece que o homem, depois que a esposa tem filhos, muda a sua ótica a respeito da mulher, pois ela passa de esposa a mãe. Então, ele atribui determinadas qualidades à mulher que ela não deveria ter.

Para os evangélicos, até há pouco tempo, o sexo ainda era tido como pecado. Conheço algumas histórias absurdas sobre relacionamento sexual, como a de pessoas que antes da relação sexual ajoelham-se para orar, o que não tem cabimento, porque encaram o sexo como pecado.

A falta de comunicação sempre foi o grande problema, mas não somente no meio evangélico. Também ministro a pessoas que não são evangélicas e vejo essa dificuldade.

ECG: Ainda existem muitos mitos sobre relacionamento sexual no meio cristão?
CD:
Algumas coisas acabaram virando verdades. Primeiro, precisamos entender que o relacionamento sexual é para casados, e que pornografia é pecado. Não podemos ter acesso à nudez de outra pessoa, a não ser a de nosso cônjuge. Há pessoas que acham que podem alugar filmes pornográficos para assistir com o cônjuge, mas dessa forma estarão acessando a nudez de outrem. Hoje, essas questões seculares entram em nossa vida cristã. Ainda há o mito de que o sexo e o prazer são pecados.

ECG: As igrejas falam com naturalidade sobre sexo?
CD:
Há muita dificuldade. Temos um grande problema: o gabinete pastoral. Normalmente, o pastor da igreja tem dificuldade de abordar o tema sexualidade. Primeiro, como ele vai falar sobre sexo oral? O que os membros vão pensar? Ele vai expor-se. Às vezes, ele pretende falar sobre sexo, mas pode acontecer de um casal ir ao gabinete para confidenciar um problema. Então, o pastor não poderá mais abordar o tema no púlpito porque, mesmo que não cite nomes, corre o risco de o casal que confidenciou sentir-se ofendido. Os pastores ficam tolhidos para falar sobre o tema.

O assunto sexo é totalmente espiritual e também está relacionado a humor, saúde física e emocional. Ainda há um grande tabu, mas é complicado falar durante o culto, onde há um público heterogêneo. Já existem algumas literaturas cristãs sobre sexualidade, mas, quando o cristão vê a palavra sexo em um livro, continua um pouco receoso.

ECG: E como a Bíblia trata o tema?
CD:
Um grande problema hoje é que as pessoas se casam sem ser solteiras. Parece meio confuso, mas a palavra solteiro quer dizer completo e realizado. Adão não precisava de uma mulher para ser feliz. Ele precisava de uma mulher porque Deus tinha o projeto de povoar a terra. O Senhor queria que Adão crescesse, e o casamento é para crescimento. Deus criou o sexo também para o prazer.

A Bíblia trata o tema de uma forma muito séria e centrada. Atualmente, os referenciais na área da sexualidade muitas vezes não são bíblicos, são seculares, sempre explorando a sensualidade. A Palavra de Deus define o sexo da seguinte forma: o sexo é um privilégio de pessoas casadas, para prazer e procriação. Em Cantares de Salomão, existe praticamente um manual de sexo, em que há uma série de dicas ao homem e à mulher. Para mim, a Bíblia aborda o assunto de uma forma muito clara. Deus criou o sexo para crescermos, levarmos a família adiante e para nos divertirmos.

ECG: O homem e a mulher enxergam o sexo de maneiras diferentes?
CD:
Enxergam da mesma forma: o sexo é para dar prazer. A motivação que é diferente. Eu abordo isso no livro. O homem quer fazer sexo quando está estressado, e a mulher precisa estar tranquila. Quando está nervosa, ela quer conversar, por exemplo.

ECG: A linguagem bem-humorada ajuda na hora de falar sobre sexo?
CD:
Com certeza, porque acabo entrando na intimidade do casal sem que ele sinta. O homem, principalmente, é muito fechado e tem dificuldade para falar sobre o assunto.

ECG: As pessoas costumam rir bastante durante suas pregações. Você criou esse personagem engraçado?
CD:
Quando assisto as minhas mensagens, sinto como se não houvesse muito de mim ali. Aquela pessoa no púlpito não fui eu que criei, foi uma obra de Deus. Sempre fui muito introvertido e tinha dificuldade de falar. As pessoas acham que eu sou engraçado, mas Jesus era muito mais bem-humorado para tratar as coisas. Como o tema é difícil, tenho obtido um êxito muito grande por meio do humor. Com quase cinco anos de ministério, minhas mensagens já chegaram ao Brasil inteiro. Esse lado bem-humorado foi um diferencial.

Adquira seu exemplar do livro Sexualidade sem censura .



Mais

 
ENTENDENDO OS MISTÉRIOS DA BÍBLIA

Próxima edição da revista de Escola Dominical traz lições valiosas das parábolas de Jesus

ARTIGO

Texto Construa sua história, escrito pelo Pr. Silas Malafaia Filho, baseia-se na vida de Davi. Leia!

PRÉ-LANÇAMENTO

Os livros A Essência do Antigo Testamento e A Essência do Novo Testamento fornecem um panorama completo da Bíblia

VIVENDO A GLÓRIA DE DEUS

Descubra como encher-se da graça do Pai através de quatro obras que edificarão e alimentarão sua vida espiritual

DEBUTANTE EM ASCENSÃO

Central Gospel comemora seus 15 anos e entra em nova fase com a expansão de sua marca no mercado

SUCESSO DE VENDAS

Linha Mulher Vitoriosa cai no gosto do público feminino e faz sucesso pelo Brasil

DICA DE LEITURA

Livre-se dos traumas e redefina seu futuro com o novo livro de T.D. Jakes, Curando as feridas do passado

CRISTÃOZINHOS EM TODO O BRASIL

DVD infantil Turma do Cristãozinho ganha disco de ouro por mais de 25 mil cópias vendidas

LANÇAMENTO NACIONAL

Danielle Cristina lança quarto CD pela Central Gospel Music, É só adorar

FELIZES PARA SEMPRE!

No mês dos namorados, Central Gospel lança livros para quem quer namoro sério, noivos e casados que desejam viver os princípios de Deus

MULHERES EDIFICADAS

No mês das mães, Central Gospel apresenta novidades que instruirão e capacitarão as mulheres

LINHA DE COSMÉTICOS MULHER VITORIOSA

Central Gospel lança catálogo do revendedor com novidades exclusivas para mulheres

FUTEBOL, SONHOS E FÉ

Às vésperas do maior evento esportivo do ano, obra é estímulo à perseverança

LANÇAMENTO

Central Gospel lança segunda edição da obra que incentiva a mulher a ser uma intercessora

LANÇAMENTO

Central Gospel acaba de lançar a Bíblia de Estudos Matthew Henry

BÍBLIA DE ESTUDO MATTHEW HENRY

Não perca o lançamento nacional da obra de um dos maiores teólogos de todos os tempos

MÊS DAS MULHERES

Dê de presente a quem você ama o livro com Mensagens Inspiradas da Pra. Elizete Malafaia

COMUNICADO IMPORTANTE

A Central Gospel está aprimorando o sistema para melhor atendimento ao cliente. Saiba mais:

REGRAS PARA FINANÇAS

Desenvolva a habilidade de gerenciar seus recursos com responsabilidade

SABEDORIA PARA SUA VIDA

Central Gospel lança livros de Mike Murdock que orientam o leitor a lidar com as questões do dia a dia




Editora Central Gospel - Loja Virtual, desde 2007 - Todos os direitos reservados
Preços e condições de pagamento exclusivos para compras via Internet.
Ofertas válidas até o término de nossos estoques para a Internet.
Vendas sujeitas à análise e confirmação de dados.
Formas de Pagamento



On Line
64

202.0 milisegundos
Um site validado pela Certisign indica que nossa empresa concluiu satisfatoriamente todos os procedimentos para determinar que o domínio validado é de propriedade ou se encontra registrado por uma empresa ou organização autorizada a negociar por ela ou exercer qualquer atividade lícita em seu nome.